Make your own free website on Tripod.com

Kanku-Sho

( observando o universo).

   "Mirando o universo - forma curta" (Kan: olhar/ ku: nada,vazio, céu/ sho: interior, pequeno, particular). Esta forma curta foi desenvolvida pelo Mestre Itosu (do estilo Shuri-te) a partir da forma básica Kanku-Daí "mirando o sol, universo"

Significa contemplar e compreender algo mais como um artista neste caso o universo. Kara (ku) ou vazio pode significar o universo.  Segundo alguns professores “Dai” significa grande e “sho” significa pequeno, mas é possível interpretar uma dualidade, mundo exterior e mundo interior respectivamente, sendo esta versão “sho” uma versão mais centrada no mundo interior.

O kanku-sho torna-se um kata interessante do ponto de vista técnico ao realizar-se os dois saltos existentes nele, o sankaku-tobi (como o salto do kata enpi) e o tobi-ushiro-geri (como o salto do kata unso)

Outra questão interessante deste kata é pelo fato dele ser um muito conhecido e apreciado, torna-se comum a sua simples realização, e pelo fato de várias pessoas disputarem campeonatos de karate, na modalidade de kata com ele, vai-se tornando mais comum vê-lo cada dia melhor. Este kata é usado em campeonatos que vão desde seletivas realizadas dentro das academias até os mais disputados campeonatos mundiais.

Tem como características principais aprender defesa, contra-ataque de bastão e agarramentos como defesa pessoal; estudo de como imobilizar os membros do adversário e puxar.

No kanku-sho são realizados dois kiais, o primeiro kiai é realizado no chudan-oi-zuki, e o segundo kiai é realizado no ultimo chudan-oi-zuki.

O kanku-sho possui 47 Kyodos (Movimentos) e leva aproximadamente 60 segundos para ser totalmente realizado.